Suzano iniciará debates para elaboração do Plano Municipal de Cultura

Suzano iniciará debates para elaboração do Plano Municipal de Cultura

Primeiro encontro, aberto para toda a comunidade, será realizado na próxima terça-feira (16/01), às 19 horas, no Centro Cultural MoriconiO Auditório Orlando Digenova, localizado no Centro de Educaç

Leia tudo

Primeiro encontro, aberto para toda a comunidade, será realizado na próxima terça-feira (16/01), às 19 horas, no Centro Cultural Moriconi

O Auditório Orlando Digenova, localizado no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi (rua Benjamin Constant, 682, no centro), receberá na próxima terça-feira (16/01), às 19 horas, a primeira sessão de debates públicos para a implantação do Sistema de Cultura de Suzano e da elaboração do Plano Municipal de Cultura. O evento será aberto para toda a classe artística e para a comunidade suzanense.

O plano, que vem sendo discutido desde outubro de 2017 por setores da sociedade e pelo Conselho Municipal de Cultura, passará pela fase de participação popular. Haverá tanto audiências presenciais – que ocorrerão em, pelo menos, duas oportunidades – como também um questionário na página da Prefeitura de Suzano na Internet.

Já há um cronograma de ações que serão realizadas até o mês de maio, quando estão previstas a análise e a votação da proposta pela Câmara. Os trabalhos também envolverão consultas aos segmentos culturais e aprovação do plano por parte do Conselho Municipal de Cultura, estabelecido em 2017 com integrantes da sociedade civil e do Poder Público.

A criação do Sistema de Cultura de Suzano permitirá a articulação, a gestão, o fomento e a promoção de políticas culturais. O objetivo é fortalecer as instituições e permitir a participação democrática na criação, aumentando a eficácia na aplicação dos recursos públicos. Já o Plano Municipal de Cultura abordará as prioridades para o setor no município, onde serão definidas as diretrizes e as metas para os próximos dez anos.

O documento, segundo o secretário de Cultura, Geraldo Garippo, fará parte do Sistema Nacional de Cultura (que integra ações federais, estaduais e municipais) e permitirá o planejamento e execução de ações de longo prazo para o fomento da cultura na comunidade.