Lula quer bastante mimimi em seu julgamento, mas petistas não parecem muito animados

Lula quer bastante mimimi em seu julgamento, mas petistas não parecem muito animados

Nem bem começou o julgamento do recurso do ex-presidente Lula e seus seguidores já deram início ao esperado mimimi. Nesta sexta-feira, 12, o presidente do Tribunal da Lava Jato, desembargador Carlos Alberto Thompson Flores, recebeu um grupo de parlamentares petistas e pediu ‘manifestações pacíficas’ no julgamento de Lula, marcado para 24.

Leia tudo

Apesar das promessas dos petistas que foram recebidos por Thompson em seu
gabinete no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, em Porto Alegre, o
presidente do TRF-4 fez questão de lembrar os presentes sobre o papel de
cada um neste primeiro processo do ex-presidente Lula que chega à Segunda
Instância:



“Os senhores representam parcela da sociedade como membros do Poder
Legislativo. Aceitamos prontamente a colaboração para assegurarmos a segurança
de todos os envolvidos no julgamento do dia 24 e, também, pedimos que divulguem
a mensagem por manifestações pacíficas.”



Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 9 anos e 6 meses por corrupção
passiva e lavagem de dinheiro supostamente recebido da empreiteira OAS no
processo sobre o famoso triplex do Guarujá.



Os deputados petistas, que foram pressionar o presidente do TRF-$, acabaram
colocando a viola no saco e afinaram o discurso: “Estamos trabalhando para que
tudo transcorra dentro das normas da Constituição Federal e das garantias
individuais”, afirmou o deputado Paulo Pimenta (PT).



Por outro lado, lideranças petistas preparam manifestações por todo o Brasil
para acompanhar o julgamento do recurso que pode tirar Lula da eleição e até
mesmo jogá-lo no fundo de uma cela de prisão.



O aquecimento já começou e o mimimi nas redes sociais só não é maior devido ao
fato da maioria dos petistas já terem se conformado com o destino nada
alvissareiro do grande líder apontado pela Justiça como chefe da organização
criminosa que assaltou os cofres públicos ao longo de quase uma década e meia.